Armário cápsula,  Slow fashion

Projecto 333 – Um armário cápsula experimental

 

Quando compras uma peça de roupa nova, costumas acabar a usar as tuas peças favoritas de sempre? Eu também! Quando abres o teu armário tens sempre aquela sensação de não ter nada para vestir? Eu tenho e essa foi uma das razões pelas quais decidi dar uma volta ao meu armário e usar apenas 33 peças durante os próximos 3 meses.

De repente, comecei a questionar-me por que razão tinha o armário cheio de roupa e ainda assim não me sentia satisfeita. A verdade é que muitas das peças foram compradas por impulso e sem ter em conta o que já tinha no meu armário, o que dificulta em muito a tarefa de me vestir de manhã.

Comprometer-me com este desafio significa mais do que a busca de um armário mais minimalista e que me permita eliminar grande parte do stress de manhã (embora tudo isto seja muito bom!). Significa também olhar para os erros que cometia, perdoar-me por todas as compras inconscientes que fiz e adoptar um estilo de vida mais consciente, que me permita tomar decisões com base nos meus valores e prioridades.

É por isto que considero o Projecto 333 um desafio poderoso que vai para além de uma simples experiência de moda minimalista, uma vez que pode ser o ponto de partida perfeito para adoptares um estilo de vida mais minimalista e intencional.

Lê também o artigo “Como destralhar o teu armário: projecto 333”

O meu estilo de vida

Antes de te mostrar em mais detalhe o meu armário para os próximos 3 meses, acho importante falar-te sobre o meu estilo de vida.

O nosso estilo de vida influencia, obviamente, as peças que temos no nosso armário. Neste momento trabalho a partir de casa, pelo que o meu guarda-roupa é mais casual. Há dias em que só saio mesmo para ir ao ginásio (e aí uso as roupas de ginásio que não entram no desafio) ou para ir passear o cão, por isso posso andar mais descontraída e não me preocupo com dress codes mais profissionais. Apesar de te parecer que é só vantagens, o facto de trabalhar em casa também pode ser uma desvantagem na hora de me vestir porque há sempre tendência por andar de pijama (sim, de pijama!) ou vestir roupa de andar por casa. Nesse aspecto, este desafio também me vai ajudar muito porque me vai “obrigar” a vestir e a arranjar-me mais.

 

O meu armário de 33 itens

Estas foram as peças que escolhi para usar neste desafio:

Item não incluído nas imagens mas contabilizado para os 33 itens: 1 sandálias rasas pretas (estão em casa da minha mãe)
Itens que não estão incluídos nas imagens e não são contabilizados: 1 colar e 1 anel que uso todos os dias, roupa interior, roupa de andar por casa, roupa de desporto

 

Lista detalhada

Partes de cima

  1. T’shirt de algodão preta
  2. Top azul com cordões
  3. Top bege com cordões
  4. Top verde
  5. Camisa de ganga (cavas)
  6. Camisola bege e camel de manga comprida
  7. Camisola branca manga 3/4
  8. Blusa verde
  9. Top branco étnico
  10. Blusa vermelha
  11. Camisola preta manga 3/4
  12. Top cropped preto manga 3/4
  13. Camisola de gola alta camel

Partes de baixo

  1. Calções de ganga
  2. Calças de algodão brancas cropped fit
  3. Calças de algodão azuis cropped fit
  4. Calças de ganga corte direito
  5. Calças de ganga boyfriend

Vestidos e casacos

  1. Vestido com print tropical comprido
  2. Casaco imitação de pele preto
  3. Casaco de ganga
  4. Parka verde

Malas e calçado

  1. Botas pretas
  2. Sapatos camel
  3. Sandálias de cunha
  4. Sandálias rasas rosa
  5. Sapatilhas de pano
  6. Sandálias rasas pretas (não incluídas nas imagens)
  7. Mala castanha e preta
  8. Mochila azul

Acessórios

  1. Bikini
  2. Óculos de sol
  3. Cinto

Confesso que desde que o desafio começou, tive de substituir duas peças para poder acrescentar as botas e a camisola de gola alta camel porque tem estado muita chuva, vento e frio. O número 33 é apenas isso – um número – se te sentes mais confortável acrescentado mais uma ou outra peça, não te prendas por causa disso, vai em frente.

Se quiseres acompanhar o desenrolar do meu desafio, podes seguir-me no meu Instagram porque eu vou publicando fotos e actualizações.

Se de alguma forma te consegui inspirar mas não sabes por onde começar, inscreve-te na newsletter Lady in green e descarrega o guia gratuito que fiz para ti para te ajudar a destralhar e simplificar o teu armário.

Se já estás a participar (ou se vais começar) e quiseres partilhar o teu progresso comigo, utiliza a hastag #ladyingreen333.

Se gostaste de ler este artigo, guarda-o no Pinterest.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *